Easy-Way alerta empresas para a entrega da DIRF 2010

Easy-Way alerta empresas para a entrega da DIRF 2010

Termina no dia 26 de fevereiro o prazo para a entrega da Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF) relativo a 2009. A fonte pagadora que perder o prazo ou entregar declarações incompletas estará sujeita a multas a partir de R$ 200 ou R$ 500. O mínimo de R$ 200 é para pessoa física (autônoma), jurídica inativa ou optante e a partir de R$ 500 para as demais jurídicas.

“Foi a forma que a Receita encontrou de cruzar as informações das fontes pagadoras com os seus beneficiários. E assim evitar erros de informações, enganos ou esquecimentos”, argumenta Reinaldo Mendes Jr., presidente da Easy-Way do Brasil, especializada em soluções tributárias.

Como falta menos de um mês para essa prestação de contas ao Leão, Mendes Jr. aconselha os que ainda não estão com tudo organizado para preencher a DIRF que busquem uma assessoria específica ou escritório de contadores para providenciarem o documento. É preciso levantar todas as notas fiscais emitidas e pagas, ou seja, todos os rendimentos que tenham sofrido retenção de Imposto de Renda na fonte, mesmo que em um único mês do ano passado.

O especialista alerta para o fato de as multas serem agravadas para quem é notificado. “Se a pessoa perder o prazo, é melhor correr e entregar antes de ser notificada pela Receita. O mesmo em relação a eventuais retificações.” A multa é de 2% ao mês ou fração sobre o montante de tributos e contribuições informadas. Ela será reduzida em 50% para entrega atrasada, mas antes de qualquer ofício e em 25% se apresentada no prazo fixado na intimação.