Easy-Way lança sistema para atender obrigatoriedade do eSocial

Easy-Way lança sistema para atender obrigatoriedade do eSocial

Easy-eSocial vai possibilitar a geração dos eventos do eSocial com alto grau de segurança e confiabilidade

A Easy-Way do Brasil, uma das maiores desenvolvedoras de softwares tributários, contábeis e fiscais do país, lança o Easy-eSocial, o novo sistema para o atendimento das exigências criadas pelo eSocial, módulo considerado um dos mais importantes, complexos e amplos do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped).

“O Easy-eSocial, além de gerar e transmitir os eventos do eSocial será também uma importante ferramenta para conferência e controle dos fatos relacionados à área de RH e do pagamento de colaboradores da empresa”, diz Fernanda Souza, gerente comercial da Easy-Way do Brasil, empresa que participa do Projeto Piloto do Governo Federal responsável pela implantação do eSocial.

Além de conferir rapidez e velocidade na obtenção de informações, o sistema vai permitir a importação de dados cadastrais e movimentos de diversas origens através de integrações via arquivo texto, tabela SQL ou Oracle, view SQL ou Oracle e outros formatos de arquivos.

“O Easy-eSocial vai possibilitar a geração dos eventos do eSocial com alto grau de confiabilidade, permitindo verificar a consistência dos dados recebidos, bem como todo o controle de envio” diz a gerente comercial da Easy-Way do Brasil.

O sistema foi desenvolvido para controlar a transmissão de eventos e monitorar a disponibilidade e recepção do arquivo de retorno de ocorrências. Ou seja, o Easy-eSocial vai mostrar automaticamente aos usuários a existência de erros apontados pelo sistema de recebimento do eSocial após receber as informações enviadas pelas empresas.

eSocial

O eSocial vai atingir empresas de todos os portes. O objetivo de sua criação é tornar mais transparente a relação entre empregados e empregadores, além de eliminar informações redundantes e processos burocráticos. Quando implantado, deve possibilitar a extinção de algumas das principais obrigações acessórias que hoje precisam ser apresentadas pelos contribuintes como, por exemplo, CAGED, RAIS, DIRF e GEFIP.

“O eSocial vai simplificar a forma como as empresas reportam as obrigações aos diferentes órgãos do Governo. Quando o novo módulo do Sped estiver ativo, não será mais necessário enviar a mesma informação para a Receita Federal, INSS, Caixa Econômica Federal e Ministério do Trabalho, o que reduzirá os custos de geração e entrega”, explica a gerente da Easy-Way do Brasil.

As informações sobre a folha de pagamento, incluindo todos os funcionários, e sobre retenções referentes a pagamentos de serviços que hoje são apresentadas a diferentes órgãos serão centralizadas através do eSocial.