Novo leiaute do eSocial é publicado

Novo leiaute do eSocial é publicado

Nova documentação traz adequações a alterações legislativas e a normas tributárias, trabalhistas e previdenciárias

Depois de ter sua entrada em vigor prorrogada para 2018, o eSocial agora ganhou um novo manual de orientação e leiaute publicados recentemente pelo Grupo Gestor responsável pela implementação da nova obrigação.

O novo leiaute traz em seus anexos tabelas e regras de validação para o funcionamento do eSocial. Segundo o Grupo Gestor a nova documentação foi necessária para aprimorar pontos importantes como a adaptação aos órgãos públicos, adequação a alterações legislativas e a normas tributárias, trabalhistas e previdenciárias.

As alterações foram realizadas a partir de discussões realizadas junto com o Grupo de Trabalho Confederativo, que reúne representantes do setor público e entidades representativas de diversos segmentos econômicos e também com empresas do Projeto Piloto do Sped Social, no qual a Easy-Way do Brasil está inserida.

A Easy-Way, uma das maiores desenvolvedoras de sistemas tributários, fiscais e contábeis do país, vem participando ativamente do Projeto Piloto do eSocial para conhecer em profundidade as requisições da nova obrigação e para mostrar ao Grupo Gestor as necessidades e dificuldades que as empresas poderão ter ao aderir a nova obrigação.

Essas discussões também têm balizado as atualizações que vem sendo realizadas no Easy-eSocial, o sistema desenvolvido para o atendimento da nova obrigação. “Nossos principais esforços são direcionados para que o sistema que desenvolvemos tenha alto grau de confiabilidade, permitindo verificar a consistência dos dados recebidos, bem como todo o controle de envio” diz Fernanda Souza, gerente comercial da Easy-Way do Brasil.

O Easy-eSocial vai controlar a transmissão de eventos e monitorar a disponibilidade e recepção do arquivo de retorno de ocorrências. Dessa forma, os usuários serão informados automaticamente caso o eSocial aponte algum erro nas informações enviadas pela empresa.

O Easy-eSocial também vai desempenhar um papel importante no controle e conferência de dados relacionados à área de RH e do pagamento de colaboradores da empresa.

Isso será possível porque o sistema permitirá a importação de dados cadastrais e movimentos de diversas origens através de integrações via arquivo texto, tabela SQL ou Oracle, view SQL ou Oracle e outros formatos de arquivos.

“Vamos analisar cuidadosamente o novo leiaute para verificar se há necessidade de novas atualizações no Easy-eSocial, para que possamos disponibilizá-las o quanto antes a nossos clientes”, diz a gerente comercial da companhia.