Easy-Way do Brasil comemora 27 anos e faz planos para 2019

Easy-Way do Brasil comemora 27 anos e faz planos para 2019

No próximo ano, os avanços no programa Sped devem alcançar mais empresas, integrar obrigatoriedades e tornar a fiscalização mais automatizada

Ainda festejando seu aniversário de 27 anos, completados no dia 31 de outubro, a Easy-Way do Brasil já faz planos para 2019, período no qual os avanços no programa Sped, que está sendo implementado pela Receita Federal do Brasil – RFB, devem alcançar mais empresas, integrar obrigatoriedades e caminhar rumo a uma fiscalização mais automatizada.

“O ano de 2018 trouxe uma série de novas implementações, com o início da entrega da EFD-Reinf e do eSocial, além da DCTFWeb. Para 2019, teremos a continuação desses grandes projetos da RFB, com a entrada de mais empresas e novas informações a serem reportadas”, ressalta Reinaldo Mendes de Souza Jr., presidente da Easy-Way.

“Sabemos que as alterações nas obrigatoriedades são recorrentes, por isso reforçamos o compromisso com nossos clientes de sempre mantermos nossos sistemas atualizados e prontos para realizar entregas com segurança e confiabilidade, de acordo com nosso lema ‘Excelência em Sistemas Tributários’”, conclui o executivo.

Prova disso são as atualizações recentes realizadas no Easy-Tributos e Easy-eSocial que atenderam novas exigências da EFD-Reinf, do eSocial e da DCTFWeb. O Easy-Sped Fiscal é outro sistema que passou por modificações em virtude de mudanças na EFD ICMS/IPI.

A Easy-Way, porém, já está de olho no futuro, particularmente no dia 28 de fevereiro de 2019. A data é significativa porque pela primeira vez um único dia irá concentrar a entrega de três importantes obrigatoriedades: a DIRF, a e-Financeira e os Informes de Rendimento. Para isso, a equipe técnica da empresa está de sobreaviso, caso haja alguma nova determinação da RFB que exija uma atualização de última hora no Easy-Tributos.

“Quando algum cliente tem qualquer dificuldade ou não está conseguindo entregar uma declaração, a atenção é redobrada! Passa pela equipe de suporte, de desenvolvimento, de administração de clientes… todo mundo focado em resolver o problema. Esta dedicação é um grande orgulho e um cartão de visitas da nossa empresa”, diz o presidente da Easy-Way.

Um bom exemplo disso está sendo a implementação do eSocial. A Easy-Way auxiliou o mapeamento das informações para que seus clientes pudessem promover os saneamentos necessários em seus cadastros pertinentes. Foi a validação dessas informações e interfaces que garantiu a entrega da obrigação com segurança e tranquilidade.

A novela da exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS e da Cofins é outro assunto que vem causando transtornos para as empresas. Apesar do Supremo Tribunal Federal – STF já ter decidido por retirar o imposto estadual da base de cálculo das contribuições, a RFB adota uma interpretação diferente sobre a posição do tribunal. Por isso, a Easy-Way promoveu atualizações no Easy-Sped Fiscal e no Easy-ePis/Cofins para que seus clientes possam realizar o cálculo do PIS e da Cofins sem a informação do ICMS, se assim desejarem.

Graças a essa proatividade é que a empresa conseguiu chegar a mais de 15 mil clientes atendidos e hoje conta em seu portfólio com marcas como Ambev, Banco Votorantim, Bradesco, CCR, Danone, Embraer, J.P. Morgan, Klabin, Latam, Oi, SBT, Scania, Unilever, Vale, Whirlpool e Yamaha, dentre muitas outras.