Novo leiaute do eSocial é mais simples e flexível

Novo leiaute do eSocial é mais simples e flexível

Número de eventos do eSocial deve cair de 900 para 500, de acordo com as estimativas da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho

Já está disponível o novo leiaute do eSocial que promete ser mais simples e permitir uma utilização mais flexível. O sistema foi disponibilizado pelo Grupo Gestor da obrigatoriedade para que usuários e desenvolvedores possam conhecer e se adaptar às mudanças que estão sendo planejadas.

“Uma das boas novidades é que o trabalhador passará a ser identificado exclusivamente com o CPF e o campo onde antes era exigido o Número de Identificação Social – NIS, foi excluído”, diz Luis Carlos Araújo, consultor tributário da Easy-Way do Brasil, uma das maiores desenvolvedoras de sistemas fiscais, tributários e contábeis do país.

O fim da duplicidade de informações e a dispensa de dados já inseridos nas bases de dados governamentais é outra previsão para o sistema do novo eSocial, de acordo com o Grupo Gestor.

Isso poderá levar a uma redução do número de eventos do eSocial, que deve cair de 900 para 500, de acordo com as estimativas da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho. Em um primeiro momento, esses campos passarão a ser mais flexíveis e pendências que antes eram apontadas pelo sistema como um erro, agora poderão ser apenas um alerta ao usuário.

“A flexibilização dos campos é uma ótima notícia, pois facilita a utilização do sistema. Por outro lado, vai exigir uma atenção maior dos contribuintes para que pendências, que de fato sejam um erro, não deixem de ser devidamente corrigidas antes de serem enviadas”, alerta Araújo.

Para o especialista da Easy-Way é fundamental que as empresas contem com um sistema que, independente do leiaute do eSocial, garanta a confiabilidade dos dados que estão sendo enviados.

“O Easy-eSocial, por exemplo, é um software que realiza diversas conferências dos dados que serão reportados utilizando os mesmos critérios de validação e consistência do ambiente do eSocial. Isso traz uma maior confiabilidade das informações e reduz os riscos de autuações em virtude de erros”, explica o consultor tributário da empresa.

Vale lembrar que a Easy-Way irá atualizar o Easy-eSocial para que o mesmo possa atender adequadamente as exigências do novo leiaute, sem nenhum custo adicional para seus clientes.